Se depender das questões sazonais, Brasil só terá 2º onda em Maio, diz professor de universidade americana

 

Imagem: Rovena Rosa (Agência Brasil)

Christopher Murray, professor da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, em palestra no Congresso CONAHP trouxe um tema importante: "A Importância da Mensuração e Análise de Dados no Combate à Pandemia".

Na sua palestra o professor que também é Director of the Institute for Health Metrics and Evaluation (IHME) relatou que uma previsão de dados mostra que devido a questões climáticas e sazonais, o Brasil só poderá ter uma segunda onda em Maio.

O professor não levou ainda em consideração diretamente a questão das aglomerações políticas da campanha finalizada agora em novembro, no entanto, ele menciona que o quadro poderia piorar caso os governos não invistam em protocolos e medidas de biosegurança.   

Ele ainda destaca que a vacinação será importantíssima para que essas estimativas não se concretizem. 

Veja o gráfico retirado do Congresso CONAHP


Por Willen Moura | Saúde today  


source http://www.diariopotiguar.com.br/2020/11/se-depender-das-questoes-sazonais.html
Tecnologia do Blogger.